ASSOCIA√á√ÉO BRASILEIRA DA IND√öSTRIA, COM√ČRCIO E SERVI√áOS PARA EXCEL√äNCIA DA REPARA√á√ÉO AUTOMOTIVA.

Notícias

SEGURO DE AUTOM√ďVEL PODE VARIAR EM AT√Č 400%

SEGURO DE AUTOM√ďVEL PODE VARIAR EM AT√Č 400% DE UMA SEGURADORA PARA OUTRA.

Essa é a informação divulgada em site de uma Corretora de Seguros (H&H Seguros).

Ora, se existe uma variação tão grande de preços entre seguradoras na hora da contratação de um seguro de automóvel da mesma marca, com as mesmas características, exposto ao mesmo risco, porque então, quando da ocorrência do sinistro a maioria das seguradoras obrigam o setor de reparação em todo o Brasil aceitar praticamente o mesmo valor hora de mão obra?

A resposta é muito simples.

Sabedora que o setor de reparação é basicamente formado por pequenos empresários, com baixo conhecimento empresarial e, poucos com formação acadêmica, ficou fácil para esses agentes estabelecerem uma dominação desse mercado.

A dominação travestida de parceria.

Para que fosse possível o ilegal tabelamento de mão obra/hora junto ao setor de reparação, bem como, a imposição de fornecimento das peças aos reparadores, algumas seguradoras credenciam oficinas que se submetem trabalhar com prejuízos pelo Brasil afora, tudo em troca de um suposto volume de serviços.

Dando à você o que já era seu.

As seguradoras atrav√©s dessa ‚Äúparceria‚ÄĚ, fazem com que muitos empres√°rios n√£o percebam que a maioria desses clientes indicados pelas seguradoras s√£o seus pr√≥prios clientes potenciais, ou seja, entregam ao Reparador aquilo que seria dele por um pre√ßo, obviamente, muito menor.

Matando as galinhas dos ovos de ouro.

A fraude dos custos rent√°veis estabelecida por algumas seguradoras junto ao setor de repara√ß√£o atrav√©s do credenciamento de oficinas √© t√£o desleal, que esse agentes levam e levaram muitos de seus ‚Äúparceiros‚ÄĚ a amargar preju√≠zos, levando muitos a quebra inexor√°vel.

Os valores pagos às oficinas credenciadas pelas seguradoras são tão baixos , que o Manual de como montar uma Funilaria e Pintura do SEBRAE, alerta o seguinte:

Uma evolução do mercado foi o surgimento das parcerias das funilarias com as seguradoras de automóveis, que hoje representam expressiva parte do mercado. Elas contratam e pagam as funilarias diretamente. Ao levarem um maior volume de serviços para uma funilaria, negociam preços mais baixos. Isso pode ser bom para as duas partes, mas exige atenção da funilaria para não ficar dependente de uma ou outra seguradora. Cientes dessa dependência, as seguradoras podem pressionar por preços excessivamente baixos que inviabilizam a funilaria.

Fonte: (http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-um-servico-de-funilaria-e-pintura,33d87a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD)

O Mito da Caverna/Renascimento.

Como no Mito da Caverna, muitos empres√°rios do setor nasceram e cresceram dentro do credenciamento de oficinas. Para muitos, esse foi e ainda √© o seu mundo. Para outros empres√°rios que j√° se libertaram dessa ‚Äúparceria‚ÄĚ e sa√≠ram dessa caverna escura, ocorreu o renascimento da empresa.

Esses empresários entenderam que como as seguradoras, eles também podem operar com liberdade de preços. Não precisam amargar prejuízos. Não precisam se submeter a nenhuma imposição ilegal.

Perceberam que o importante não é a quantidade de veículos que eles armazenam e reparam em suas oficinas, mas a qualidade dos reparos que prestam aos seus clientes com a natural rentabilidade, deixando de ser gerentes do negócio da seguradoras, não dele, e passando a ser os verdadeiros empresários dos seus negócios.



Retornar

Rua Nova Jerusalém, 1092, Tatuapé
Cep 03410-000, S√£o Paulo, SP
11-3791-8096 - 2221-0489
contato@abraesa.org.br