ASSOCIA√á√ÉO BRASILEIRA DA IND√öSTRIA, COM√ČRCIO E SERVI√áOS PARA EXCEL√äNCIA DA REPARA√á√ÉO AUTOMOTIVA.
‚ÄúRepresenta√ß√£o pra valer‚ÄĚ

Meio Ambiente

COLETA SELETIVA

√Č um sistema de recolhimento de materiais recicl√°veis, tais como pap√©is, pl√°sticos, vidros, metais e org√Ęnicos, previamente separados na fonte geradora. Estes materiais s√£o vendidos √†s ind√ļstrias recicladoras ou aos sucateiros.

As quatro principais modalidades de coleta seletiva s√£o: Domiciliar/Postos de entrega volunt√°ria/Postos de troca/Catadores.

A coleta seletiva domiciliar assemelha-se ao procedimento clássico de coleta normal de lixo. Porém, os veículos coletores percorrem as residências em dias e horários específicos que não coincidam com a coleta normal.

A coleta em PEV - Postos de Entrega Voluntária ou em LEV - Locais de Entrega Voluntária utiliza normalmente contêineres ou pequenos depósitos, colocados em pontos fixos, onde o cidadão, espontaneamente, deposita os recicláveis.

A modalidade de coleta seletiva em postos de troca se baseia na troca do material entregue por algum bem ou benefício.

O sucesso da coleta seletiva está diretamente associado aos investimentos feitos para sensibilização e conscientização da população. Normalmente, quanto maior a participação voluntária em programas de coleta seletiva, menor é seu custo de administração. Não se pode esquecer também a existência do mercado para os recicláveis.



Retornar

Rua Nova Jerusalém, 1092, Tatuapé
Cep 03410-000, S√£o Paulo, SP
11-3791-8096 - 2221-0489
contato@abraesa.org.br