ASSOCIA√á√ÉO BRASILEIRA DA IND√öSTRIA, COM√ČRCIO E SERVI√áOS PARA EXCEL√äNCIA DA REPARA√á√ÉO AUTOMOTIVA.

Meio Ambiente


POR QUE RECICLAR

A quantidade de lixo produzida diariamente por um ser humano é de aproximadamente 5 Kg.

Se somarmos toda a produ√ß√£o mundial, os n√ļmeros s√£o assustadores. S√≥ o Brasil produz 240.000 toneladas de lixo por dia.

O aumento excessivo da quantidade de lixo se deve ao aumento do poder aquisitivo e pelo perfil de consumo de uma população. Além disso, quanto mais produtos industrializados, mais lixo é produzido, como embalagens, garrafas, etc.

Tipos de lixo: Dom√©stico (alimentos) - Industrial (carv√£o mineral, lixo qu√≠mico, fuma√ßas)-  Agr√≠cola (esterco, fertilizantes) -  Hospitalar - Materiais Radioativos -Tecnol√≥gico (TV, r√°dios).

Em torno de 88% do lixo dom√©stico vai para o aterro sanit√°rio. A fermenta√ß√£o produz dois produtos: o chorume e o g√°s metano.  

Menos de 3% do lixo vai para as usinas  de compostagem (adubo). 


O lixo hospitalar, por exemplo, deve ir para os incineradores.  
Apenas 2% do lixo de todo o Brasil é reciclado!
 

Por quê?

Porque reciclar é 15 vezes mais caro do que jogar o lixo em aterros.


Nos países desenvolvidos como a França e Alemanha, a iniciativa privada é encarregada do lixo. Fabricantes de embalagens são considerados responsáveis pelo destino do lixo e o consumidor também tem que fazer sua parte. Por exemplo, quando uma pessoa vai comprar uma pilha nova, é preciso entregar a usada.

Uma garrafa pl√°stica ou vidro pode levar 1 milh√£o de anos para decompor-se. Uma lata de alum√≠nio, de 80 a 100 anos. Por√©m todo esse material pode ser reaproveitado, transformando-se em novos produtos ou mat√©ria prima, sem perder as propriedades.


Separando todo o lixo produzido em resid√™ncias, estaremos evitando a polui√ß√£o e impedindo que a sucata se misture aos restos de alimentos, facilitando assim seu reaproveitamento pelas ind√ļstrias. Al√©m disso, estaremos poupando a meio ambiente e contribuindo para o nosso bem estar no futuro, ou voc√™ quer ter sua √°gua racionada, seus filhos com sede, com problemas respirat√≥rios.

Algumas Vantagens:

  • Cada 50 quilos de papel usado, transformado em papel novo, evita que uma √°rvore seja cortada. Pense na quantidade de papel que voc√™ j√° jogou fora at√© hoje e imagine quantas √°rvores voc√™ poderia ter ajudado a preservar.
  • Cada 50 quilos de alum√≠nio usado e reciclado, evita que sejam extra√≠dos do solo cerca de 5.000 quilos de min√©rio, a bauxita.
  • Quantas latinhas de refrigerantes voc√™ j√° jogou at√© hoje?
  • Com um quilo de vidro quebrado, faz-se exatamente um quilo de vidro novo. E a grande vantagem do vidro √© que ele pode ser reciclado infinitas vezes.

Agora imagine s√≥ os aterros sanit√°rios: quanto material que est√° l√°, ocupando espa√ßo, e poderia ter sido reciclado! 

  • Economia de energia e mat√©rias-primas. Menos polui√ß√£o do ar, da √°gua e do solo.
  • Melhora a limpeza da cidade, pois o morador que adquire o h√°bito de separar o lixo, dificilmente o joga nas vias p√ļblicas.
  • Gera renda pela comercializa√ß√£o dos recicl√°veis. Diminui o desperd√≠cio.
  • Gera empregos para os usu√°rios dos programas sociais e de sa√ļde da Prefeitura.
  • D√° oportunidade aos cidad√£os de preservarem a natureza de uma forma concreta, tendo mais responsabilidade com o lixo que geram.


21/08/2016
ONDE RECICLAR
No Brasil existem unidades industriais com capacidade instalada para reciclar resíduos, e qualquer outro material que possa ser reciclado. Distribuídas de norte a sul do país, estas unidades são empresas transformadoras de matérias-primas, fabricantes de embalagens, retomadores e recicladores.
21/08/2016
COLETA SELETIVA
√Č um sistema de recolhimento de materiais recicl√°veis, tais como pap√©is, pl√°sticos, vidros, metais e org√Ęnicos, previamente separados na fonte geradora. Estes materiais s√£o vendidos √†s ind√ļstrias recicladoras ou aos sucateiros.
21/08/2016
O QUE PODE OU NÃO PODE SER RECICLADO
Nem tudo que vai para o lixo pode ser reciclado. E que as cores dos recipientes de coleta indicam os diferentes tipos de materiais.
21/08/2016
COMO RECICLAR
Com a colabora√ß√£o do consumidor, podemos facilitar ainda mais o processo de reciclagem. A reciclagem do material √© muito importante, n√£o apenas para diminuir o ac√ļmulo de dejetos, como tamb√©m para poupar a natureza da extra√ß√£o inesgot√°vel de recursos. Veja como fazer a coleta seletiva e dar a sua parcela de contribui√ß√£o na preserva√ß√£o do meio ambiente.
21/08/2016
O QUE √Č RECICLAGEM
Reciclagem é um conjunto de técnicas que tem por finalidade aproveitar os detritos e reutiliza-los no ciclo de produção de que saíram. E o resultado de uma série de atividades, pela qual materiais que se tornariam lixo, ou estão no lixo, são desviados, coletados, separados e processados para serem usados como matéria-prima na manufatura de novos produtos.

5 registro(s) encontrados em 1 p√°gina(s)

[<<] [<]     01     [>] [>>]

Rua Nova Jerusalém, 1092, Tatuapé
Cep 03410-000, S√£o Paulo, SP
11-3791-8096 - 2221-0489
contato@abraesa.org.br